Passar alguns dias no paraíso é o sonho de todos, não? E se eu falar que esse lugar está aqui, pertinho de todos? Sim, acredite. O nome dele é Arraial do Cabo, litoral do Rio de Janeiro. Esse pequeno e quase intocável paraíso reúne uma das mais belas paisagens do Brasil, como dunas de areia branca, vegetação de restinga, lagoas e praias de mar cristalino.

A cidade é vizinha das tão badaladas Cabo Frio e Búzios, mas mantém características e a tranquilidade das típicas vilas de pescadores mesmo na alta temporada – entre setembro e março.

Fernando e eu gostamos muito de viajar de carro. Percorremos cerca de 590 km (de SP a Arraial do Cabo) fazendo três paradas, totalizando 8 horas de viagem. Nos hospedamos no Ocean View Hotel, na suite master, por três dias. Nossa varanda dava de frente a praia, o que fazia nossas manhas mais lindas ainda. Sem falar no pôr do sol. O hotel é super confortável, quarto gigante, o melhor e maior da Prainha. Apenas uma coisa deixou a desejar. O hotel não oferecia estrutura de cozinha, só tinha o serviços de café da manhã e lanches em horários pouco flexíveis. Quando chegávamos a noite e queríamos uma xícara de chá não havia como esquentar nada, por exemplo.

Vista do nosso quarto_foto arquivo pessoal

No primeiro dia ficamos na Prainha e a tarde fomos almoçar na Praia Grande onde o comercio e a infraestrutura de restaurantes é maior. A Prainha é uma delicia, lembra muito vila de pescadores, mas há poucas opções de restaurantes.

A noite jantamos no Farol Velho, que serve comida brasileira com um toque sul-americano. A decoração é bonitinha, misturando elementos de pesca e fundo do mar.  As porções e pratos são boas e servem de 3 a 4 pessoas fácil. Pedimos um picanha na chapa com arroz, feijão, batatas fritas e farofa. Além disso bebemos 3 sucos. A conta deu um pouco mais de R$ 120 reais, preço justo se for ver que ainda levamos comida embora.

No segundo dia acordamos cedinho e fomos fazer passeio de barco com o Don Juan Tour! Maravilhosoooooooo!  As praias são cristalinas! O barco é super confortável, com comida, frutas e tudo mais. Os tripulantes são gentis, educados e bem profissionais. Eu tenho um pouco de medo de barco, mas me senti super segura nele. O roteiro incluía passar por praias quase que intocáveis como a Ilha do Farol e Ilha do Algodão. O valor do passeio é de R$ 70 por pessoa, incluindo água a vontade.

A noite fomos jantar no Julia’s Crepes. Pedimos burgues e refrigerantes e a conta não chegou a R$ 50!!!!!! Realmente muito bom.

O balanço final é muito positivo. Embora  a cidade deixe a desejar no quesito infra-estrutura, as belezas naturais, com águas que lembram muitas do Caribe, compensam. O passeio de barco é obrigatório! Bom para visitar em qualquer época do ano!